Joanetes: a cirurgia é a única opção para se livrar da dor nos pés?

O joanete, também conhecido como hallux valgus, é uma deformidade dolorosa que se desenvolve na base do dedão do pé. “Joanetes são causados quando o dedão do pé empurra os outros dedos do pé ou inclina-se em direção aos demais. Isto desloca os ossos da articulação, fazendo com que sobressaiam, parecendo haver um grande crescimento dos ossos nos pés”, explica o ortopedista Caio Gonçalves de Souza (CRM-SP 87.701), médico do Hospital das Clínicas de São Paulo.

Os joanetes podem se desenvolver devido a uma variedade de fatores. Algumas pessoas “herdam pés” que são mais suscetíveis devido à sua forma e estrutura: os famosos pés chatos, por exemplo. “Mas os joanetes podem ser agravados pelo uso do sapato errado ou pelo carregamento de peso extra, por períodos prolongados, de pé ou andando”, diz o médico.

Prevenção do joanetes

Usar um sapato do tamanho correto é o primeiro passo na prevenção dos joanetes. “É importante certificar-se que seus dedos tenham espaço suficiente dentro do sapato, ou seja, não fiquem espremidos. Não use sapatos que forcem os dedos a ficarem juntos. O salto alto também é particularmente ruim porque ele joga todo o peso do corpo para frente e isto muda a mecânica de funcionamento do pé”, informa Caio G. Souza, que também é professor de Ortopedia da Faculdade de Medicina na Uninove.

Também na tentativa de prevenir o aparecimento dos joanetes é preciso medir corretamente o tamanho dos pés. “Mesmo que você saiba o tamanho do seu pé, ele pode mudar ao longo do tempo. No pé de uma mulher, os ligamentos, muitas vezes, relaxam depois de ter um bebê, fazendo com que o pé fique mais amplo. Além disto, sapatos de marcas diferentes podem ter formas diferentes, fazendo que o número 37 de uma marca seja igual ao 38 de outra. Sempre teste os sapatos antes de comprá-los, e faça isto de pé e andando”, observa o ortopedista.

Segundo Caio de Souza, não há quaisquer opções não cirúrgicas eficazes para reduzir o tamanho ou reverter o desenvolvimento de um joanete. “Os tratamentos não-cirúrgicos podem apenas reduzir a dor ou o desconforto de um joanete e impedir o seu agravamento”, informa.

Se uma mudança de calçado não ajudar, um alargador pode ser capaz de alterar um par de sapatos, alongando a parte do sapato ao redor do joanete para dar mais espaço aos dedos. “Silicone ou almofadas de feltro usados nos pés ou palmilhas também podem aliviar a dor. Mas o que funciona irá variar, caso a caso. Massagens, alongamentos, talas, medicamentos anti-inflamatórios, e, por vezes, injeções de esteroides também podem ajudar”, afirma o ortopedista.

Cirurgia de joanetes

Se a mudança de sapatos e os tratamentos conservadores não ajudarem e a dor for grave, pode ser necessária uma cirurgia. “Como decidir? O ortopedista irá ajudar o paciente a classificar sua dor em uma escala de 0 a 10. Se a dor estiver nos níveis sete, oito, nove ou dez, o melhor tratamento é o cirúrgico. Se a escala de dor se situar entre um, dois, três ou quatro, tentamos, primeiro, o tratamento conservador. Isso porque a cirurgia implica em riscos de complicações e tem uma recuperação prolongada, por isso não é indicada para tratar o joanete puramente por razões estéticas”, diz Caio G. de Souza.

“Há uma grande variedade de diferentes técnicas cirúrgicas que podem ser realizadas com o objetivo de realinhar a articulação e aliviar a dor do paciente, variando de raspar parte do osso até o realinhamento dos ossos com placas e parafusos. Dependendo da cirurgia, a recuperação completa pode levar meses e exige que o paciente não fique de pé. E, caso os antigos hábitos de usar calçados apertados continuem, a deformidade pode retornar mesmo depois da cirurgia”, explica o ortopedista.

Fonte: Diário de Taubaté

 

Posted in Notícias and tagged , , , , .

2 Comments

  1. Dr. Caio,

    Tenho joanetes e gostaria de operar mais pela razão estética, pois eles nem doem tanto. Como posso agendar uma consulta, por favor? O senhor atende convênios?

    Nilda

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *